• Eduardo Hypolito

O primeiro milhão

Alguns dias se passaram depois que pela primeira vez na vida passamos da marca de UM MILHÃO de visualizações em nosso trabalho. Hoje é sexta, está muito calor. Era segunda, estava muito frio. Tem algo aí. Dá pra perceber?

Mais do que ontem, hoje eu tenho cada vez mais certeza de que tem algo de incrível por trás de tudo isso.

Se a Terra gira em torno do Sol (sim, ela gira. Nada de Terra plana por aqui) e nos traz as quatro estações é porque há algum motivo, um propósito, uma razão de ser, ainda que não possamos compreender

Felício, Lyneker, Eduardo e Aline Brasil - gravação live session Éfeta
Making of Live Éfeta - Foto: 95

. Não faz frio no inverno somente para você, não faz frio no inverno só para seu nariz escorrer e entupir e você ter que atender o motoboy da farmácia de pijamas e chinelo com meias antigas. O inverno antecede a primavera, época onde as flores se despedem da calça de moletom cinza e ganham cores e a vida começa a prosperar novamente. Deu pra perceber de novo? Não é porque logo após vem o verão, que ele só traz paz, calmaria, calor e praia lotada com picolé de R$ 1,50. O verão traz consigo “Densas Nuvens, Tempestades” (é uma música do Rosa de Saron, mas calma, já chego lá).

E se a Terra gira em torno de si própria (sim, ela gira também. Já disse que nada de Terra plana por aqui), os dias nos tiram da noite e a escuridão se vai.

Vejo que o primeiro dos textos que aqui serão postados não poderia ser outro. Em meio a tanta chuva, tempestade, escuridão, brio e frio, cá estamos nós, tentando tomar o primeiro raio de sol da manhã. Sentir o sutil calor permeando levemente por entre as nossas peles. Tentando olhar o céu azul por entre as nuvens. E quando envolvido for pela escuridão, que em nosso céu estejam as estrelas e possamos sentí-las através de seu brilho. Que elas nos lembrem de nosso tamanho e de nosso lugar no universo. Que nos mostrem que não estamos sozinhos e que se fazem presentes em meio a escuridão por serem luz.


Antes de ir, lembra que eu falei do Rosa de Saron? Então, já que o texto vai se encerrar com uma parte da música que citei, lá vamos nós. Eles são a minha maior referência, são as estrelas do meu céu. Eu vejo quando eles comemoram quando atingem alguma marca significativa como a nossa. E hoje quem comemora somos nós. Se algum dia nossos caminhos se cruzarem de outra forma que não fã e banda, poderei dizer que no céu cheguei e nele quero estar. Obrigado por estar aqui. Com carinhos especiais: Aline Brasil e Felício Porto. André Santo, Bruna Santiago, Danilo Barreto, Paloma Rangel, Vagner Basílio.

Making Of Live Éfeta - Foto: 95

Assista ao vídeo "Maria passa à frente - Aline Brasil"




32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo